4a e 5a sessão de Novembro

Texto:

Mais uma vez, o Ian e o Jacob estão naquela encruzilhada entre o covenant, a cidade e os seus assuntos pessoais. Planos para uma vida eterna constroiem-se e desafazem-se em cinzas num piscar de olhos. Para que lado Londres irá cair?

Próxima semana, poderemos marcar um dia mais em cima da data. Até lá, tem havido muitos pretextos para write-ups e esta é a noite em que podem sonhá-los :)

The World of Darkness has only the colours with which you paint it in your mind.

Update:
Com uma sessão pequenita como a de quarta, não vale a pena abrir ainda outro tópico. Laughing
O Ian e o Jacob reencontraram-se com a sua família.
Entretanto, o Jacob ganhou uma irmã. O Ian ganhou um ponto de willpower. Next! ;)


Como já falamos antes, entre trailblazing e bassplaying, estamos num ponto médio de controlo da história a que podíamos chamar touch and go :) sendo que, nesta altura - depois do "touch" com o rapto do Samuel - estamos no período do "go" em que a história avança pela vossa iniciativa.

No entanto, na última sessão, a bola estava um bocado no chão, por isso fiz só um touchzito com o John para manter o ritmo. Suponho que, nesta próxima, já vão ter muitas coisas que querem fazer.

No próximo "touch", existe a possibilidade de a história se virar do avesso quando chegar o final da semana, por isso aproveitem para não se esquecerem daquilo que acharem mais urgente e usarem os dias que têem.

Entretanto, têem sempre estes posts-por-sessão para fazer comentários sobre o que aconteceu ou pode vir a acontecer.

Próxima sessão na 4a seria impec para mim. Usual time, usual place (S.João). Ricardo, vou-te buscar 19h45?

Planos de acção:

- ir com o meu pai ver a campa da minha mãe, ao início da noite (20h30-21h). Não me importava de começar a sessão já aí… combino com a Rachel para estar com ela a seguir (tipo 22h-22h30). No attempts at sex tomorrow - vejam no write-up porquê não começo a noite no chuveiro a tentar "inchar à presence" qual puto de 12 anos. :slight_smile:

- falar com o Cunningham. No, seriously. Isto de dedicarmos as noites aos interesses dos Dracul e deixarmos de lado a nossa aprendizagem não está com nada! Já tive ameaças de morte dos Invictus - e mesmo agora com o meu pai "morto" não acredito realmente que os Invictus deixassem de pedir a minha cabeça. Lá por o Ângelo acreditar que o ST não evoluiria as cirscunstâncias de modo a matá-lo, não quer dizer que o Jacob n esteja desesperado for some feeling of safety! Protean, Auspex, Obfuscate, Infernalismo, Ocultismo, the whole shebang! Se vierem derangements resultantes de uma aprendizagem rápida, azar: sempre é melhor que estar morto, e não é lidar com eles a especialidade dos Dracul? Para além de ver em outros vampiros da nossa idade mais capacidades - sim, porque vemos sempre as que eles têm e nós não, é imensamente frustrante estar a dias de um "confronto final" e não saber sequer o que o sangue permite fazer - para além do elusivo "o poder do sangue é infinito"…

Próxima sessão, a menos que o Cunningham esteja indisponível a ver TV, vai levar com isso. Oh sim.

- falar com o Cunningham parte dois. Agora sobre o Quentin. Recapitular a ideia do John, ver o que ele acha, e como se poderia amarrar o Petrenkov. O Cunningham já viu "magia", pode ao menos dar uma ideia do que o primeiro mago da corte do Raven King consegue fazer…

- eventualmente ir a Chinatown fazer mais perguntas sobre a Miss Lee, mas antes telefonar à Erika (acusem-me lá de poligamia). Convém saber se a mulher já morreu ou se ainda mexe (a Lee, claro).

- falar ao Tom Sheffield, para conseguir que o meu pai vá embora para um local seguro?

That's pretty much it. Claro que há sempre os inesperados, mas a cena que queria dar mais relevo é o confronto com o Cunningham relativamente à preocupação dos Dracul com os seus membros mais novos. "Tentem arranjar uma lâmina"? Por favor…

Enfim, fico c a sensação de que expôr assim as coisas, embora talvez adiante em tempo de sessão, tira um bocado o elemento inesperado que nos atrai nestes jogos. Opiniões?

Abraço,

Ângelo

[quote=yoriagami]Próxima sessão na 4a seria impec para mim. Usual time, usual place (S.João). Ricardo, vou-te buscar 19h45?[/quote]Sim, acho que quanto mais cedo melhor. Espero que a Inês consigar vir ter connosco até às 20h.

[quote]Enfim, fico c a sensação de que expôr assim as coisas, embora talvez adiante em tempo de sessão, tira um bocado o elemento inesperado que nos atrai nestes jogos. Opiniões?[/quote]Uma coisa é partilhares connosco os teus planos para a próxima sessão, outra seria eu responder-te já e outra ainda é o grau de scene framing que vamos fazer ou não. Acho que expõr assim as coisas só me auxilia a preparar a sessão e ajuda-te a não te esqueceres de nada importante que queiras fazer. Comunicar é sempre bom, é só vantagens.

Deste ponto de vista, nós os três vamos para a sessão um pouco com o mesmo ponto de partida. Todos levamos um conjunto de ideias em mente, mas não fazemos ideia do que poderá acontecer.

Lembrei-me agora que devo ter sessão com o Fabiano e o Palinhos esta quarta. Esqueci-me da data porque marcamos só duas vezes por mês :slight_smile: De qualquer forma, devemos jogar no Sr. Fernando só até às 20h. Se pudermos encontrar-nos lá para jantar, era óptimo. Que acham?

Como o topico ja disse, meninos, tanto me faz. Tanto vou ter ao Sr Fernando como ao S. Joao. :slight_smile: E sim, confirmo para quarta

Seguindo a ideia do Jacob, mais vale planear o q o Ian tem para fazer:

- Familia:. ir buscar a Diane para dar uma volta e passarmos tempo juntos

. tentar entender-me com a a familia e, dependendo como correr, perguntar se tem noticias do Samuel

- Adam (se der sinais de vida): . Spend some quality time! Laughing (pode passar ou nao por "inchar a presence" - adorei a expressao, ja agora!)

. perguntar afinal pq é q os Invictus lhe pediram a ele para matar o Edward e pedir q nao lhes diga q ele esta vivo

. perguntar relaçoes Circle ofthe Crow /Raven King. O q inclui o Petrenkov e se haverá maneira de ajudar o Quentin. (talvez devesse perguntar isto a Lilian, nao ao Adam. Mas, ok, pergunto aos 2!)

. Cravar-lhe para me ajudar a treinar! ^^

. nao o deixar ir embora sem marcarmos um ponto de encontro! (e isto é MTO importante!!)

- John : Cravar q me ensine coisas fixes e comentar o q aconteceu com o fantasma

- Diane: continuar com o bond e contar-lhe tudo o q o John me ensina (coisa q so vou poder fazer qd tiver alguma coisa mais para contar)

- Samuel (só mm para o fim da semana): .ver se esta bem e perguntar, finalmente o q aconteceu. Aproveitando tb para lhe devolver as chaves de casa (lol)

That's about it! Enfase na parte do Adam! ^^

Sabemos que a Inês tem um trabalho para entregar até quinta, pelo que só talvez nesse dia dará para jogar e mesmo assim é difícil. Em princípio, apontamos para Sábado?