Chamada de atenção relativamente a insultos verbais

[quote=JB_Mael] Também devo confessar que deixei de escrever tanto quanto costumava devido ao desagrado e enfado que tenho em relação à forma mentecapta como certos users do fórum escrevem e pensam o roleplay. Mas isso é outra história que nada tem que ver com este thread.[/quote]

Lamento que tenhas deixado de participar tanto como gostarias (perde o site e quem gosta de ler o que escreves!) mas será que podias deixar de catalogar de maneira depreciativa as participações que os outros users têm neste forum? Suspeito que não será muito construtivo nem positivo fazê-lo e ainda por cima, e como tão bem afirmaste, não tem nada a ver com a thread.

"Se alguma vez sou coerente, é apenas como incoerência saída da incoerência." Fernando Pessoa

JrMariano:

Concerteza, tens toda a razão. No entanto, no post anterior estava a explicar o porquê da minha ausência, pois tinha-me comprometido com um certo número de pessoas e, devido aos factos que expûs, todas essas pessoas ficaram a perder e eu com um sentimento de dívida. Portanto, no mínimo, é uma justificação que achei por bem apresentar. A verdade é que certas coisas acontecem no forum que boicotam a vontade e ânimo em participar de forma construtiva nas discussões. Só houve uma pessoa com quem me chatiei, e por motivos que deixei públicos, e que não foram contestados e até foram confirmados. Certo tipo e forma de "discutir" não é construtivo e é provocatório. Houve ainda uma outra pessoa que teve um comportamento desagradável, vindo escrever com ar jocoso uma espécie de "hear hear" após mais um dos posts provocatórios da primeira pessoa em causa. Esse tipo de comportamente é também condenável. Ou não será?

Agora, e depois de admitir que tens toda a razão em criticar a minha afirmação espontânea pejorativa, porque é que nunca te vi a criticar as coisas de que eu me queixo? Não o fizeste, portanto ou achaste que não eram condenáveis ou achaste que não as deverias publicamente apontar. Vou presumir que não as achaste condenáveis, porque acreditando na tua idoneidade e imparcialidade, não quero acreditar que só criticarias um dos lados quando ambos têm culpas no cartório. Sendo assim, se não achas condenável as coisas de que me queixei, não percebo porque achas o que eu disse condenável. É que sinceramente, eu acho que o que fiz foi bem menos negativo do que as coisas de que me queixei e me levaram a desistir de participar no fórum como antes.

Mais ainda te digo e com todo o respeito: se de facto o que querias era minimizar ou acabar com comentários off-thread, terias enviado uma mensagem privada (como eu fiz quando já não tinha pachorra para aturar os comentários provocatórios das pessoas em causa). No entanto, preferiste criar um post, no mesmo thread, com o único objectivo e assunto que era exactamente o mesmo que criticavas. Ao mesmo tempo que criticavas algo, estavas a cometer o mesmo, e ainda puxavas com grande probabilidade uma resposta; efectivamente prolongando a tal discussão off-thread.

Seja como for, aquela frase, no meio do post ainda grande, foi apenas um desabafo. Já afirmei que não voltarei a participar como dantes nos temas, por mais inflamatórios que sejam os posts e a forma como sejam discutidas coisas relacionadas com roleplay de que tanto gosto. Também não irei aos meets por causa das mesmas coisas, das mesmas pessoas. Não incomodarei mais os radares de quem já cá está há mais tempo e não quer gente nova a comentar, sobretudo com ideias diferentes e que se revoltam quando as coisas de que gostam são achincalhadas ou discutidas como quem quer de facto que haja confusão, cujo estilo é descrito pelos seus amigos ou colegas como reconhecida e sobejamente provocatórios.

Cada qual tem a sua consciência. Se nada do que acabei de dizer te fez pensar no que se passou e nas posições que tomaste e não tomaste, melhor para todos. Mas eu não vou aceitar críticas unilaterais, unidireccionadas e parciais. E, se queres continuar esta conversa, sugiro que se crie um thread específico para isso.

Bem, estou a responder nesta thread não por nenhuma clara intenção de criticar de maneira pouco construtiva (o que seria despropositado e contraditório de minha parte e totalmente contra o espírito do comentário inicial) aquilo que admitiste que foi perjorativo e sim pelo contrário, para fazer uma chamada de atenção e um pedido em público porque decidiste insultar publicamente alguém no site.

Porque o problema é mesmo esse, o insulto verbal e directo que fizeste chamando de "mentecaptos" alguns dos membros do site. Acho que está bem patente na missão do site (aqui) a necessidade de tolerância pelas opiniões dos outros e vigoram aqui as regras da diplomacia. Se não está penso que a podemos tornar mais explícita.

Já li aqui muitas opiniões controversas, algumas pouco consubstanciadas e reflectidas mas raramente vi insultos e quando estes aconteceram tomaram-se algumas medidas drásticas que na minha opinião foram desmedidas porque nunca existiram avisos claros prévios.

As discussões acesas e emocionadas que aludes (pelo menos as que reli e que penso serem as de que falas já que não foste muito claro) não são a meu ver equiparáveis ao reparo que te fiz nem à razão do próprio reparo. O facto de não concordares comigo é legítimo e até compreensível mas isso não invalida o meu comentário.

As discussões e trocas de opiniões por quem quer que seja tem um papel importante no site e a não ser que se policie o pensamento das pessoas e se ande a passar julgamento sobre tudo o que seja foco de discórdia para que a deixe de haver (o que eu acho aberrante e vai contra a sua missão [ver acima]) toda a gente pode exprimir a sua opinião desde que use uma linguagem apropriada às regras da diplomacia e da gramática. Considero essa faceta "democrática" uma mais-valia do site e apesar de criar muito "ruído" acho que não abafa as "conversas interessantes" que já aqui se tiveram e julgo irem acontecer de futuro.


Não te contactei em privado porque pensei que sendo algo que afirmaste em público, mesmo com a intenção louvável de dares uma justificação necessária aos pessoal das Campanhas, deverias ter uma chamada de atenção pública.

Se quiseres podes-me contactar em privado por e-mail ou até marcar encontro pessoalmente para resolver qualquer dúvida que tenhas sobre a minha actuação neste caso. Como também podes chamar à atenção do Ricmadeira ou dos outros co-colaboradores e moderadores do sucedido e para que se faça uma reunião do staff do site sobre esse assunto e se tome uma resolução mais colectiva acerca do assunto.


"Se alguma vez sou coerente, é apenas como incoerência saída da incoerência." Fernando Pessoa

Quanto ao que disseste, e respondendo ponto a ponto sempre que possível:

Sou frontal e directo, é a minha maneira de ser. Não começo threads de forma provocatória nem vou à procura dos posts das pessoas com que discordo para as provocar, tentando provocar e chatear essas pessoas. Isso aconteceu comigo e a partir daí as pessoas que o fizeram perderam, na minha visão, todo e qualquer direito ao respeito. Quem não respeita os outros não merece respeito. Para mim é tão mau ou pior provocar de forma dissimulada e mesquinha. Eu quando me sinto tratado dessa forma, reajo de forma diferente, e atribuo adjectivos do género apropriado. De facto, o que se passa é que aparentemente se preza mais as aparências do que as intenções, e isso tem consequências. Eu não fico calado quando assisto a determinadas coisas, não fico de boca calada; insurjo-me e faço pleno uso do vocabulário.

"Exprimir uma opinião" como tu referiste, não pode ser atribuído ao que foi feito recentemente em relação a algo que me chateou solenemente. Nessa altura enviei um mail ao ricmadeira falando do assunto e dois dias depois desisti de participar no fórum. Para mim prefiro que as críticas sejam directas e frontais em vez de perseguições imbecis e provocatórias sem mais objectivo nenhum que não o de denegrir outrem. Mas cada qual tem o seu paradigma... E não, não vou falar mais detalhadamente do caso porque já no mês passado enviei o tal mail a um dos administradores e também porque perdi a vontade de participar nas discussões. Agi da forma que achei mais correcta e mais formal, que foi efectivamente enviar um mail a queixar-me da situação a um dos administradores e, posteriormente, afastar-me efectivamente do forum.

 

No entanto, boas notícias para ti e para todos os outros que se preocupam (legitimamente) com o politicamente correcto: 1- deixei de participar activamente nas discussões do fórum, sobretudo naquelas que envolvam certas pessoas e determinado tipo de comentários que me motivarão, sempre, desgosto e alguma ira; 2- mesmo que se venham a repetir as situações que motivaram aquelas minhas adjectivações, farei um esforço para não retaliar (ou desabafar posteriormente) da forma mais frontal, em prol do fórum.

No entanto, julgar e condenar apenas aqueles que, como eu, se revoltam contra certo tipo de atitudes e assumem aquilo que dizem e fazem; deixando por outro lado, determinado tipo de comportamento clara e sistematicamente provocatório, grassar pelo fórum; constitui algo que trará, eventualmente, mais chatices. Espero que não, desejo toda a boa sorte para o projecto do fórum e do portal! Mas parece-me que parte das potencialidades do portal nunca serão devidamente aproveitadas enquanto não for estimulada uma forma mais racional e adulta de participar em discussões (nomeada e mormente, em relação ao tal tipo de atitude provocatória).

Enfim... Apesar de discordar na tua posição quanto ao "não ser comparável", sempre admiti (basta ler os meus posts) que não tinha sido correcto fazer aquelas adjectivações. Foi um desabafo, em local incorrecto quiçá, mas nada mais do que isso.

Como já disse 2 ou 3 vezes, não voltará a acontecer; longe de mim querer prejudicar o portal e a sua "missão", antes pelo contrário. De hoje em diante, de mim o portal terá muito pouco, e o pouco que tiver será única e exclusivamente positivo (relacionado com esta iniciativa e algumas outras que ainda tenho em mente mas que não sei se será possível realizar). Espero que tal satisfaça a equipa de moderadores do portal.

Se houver mais algum assunto a tratar, quer seja público ou privado, estejam à vontade para me contactar. Mas, de preferência e em prol dos users que se interessam por este thread e a iniciativa que lhe subjaz, que seja noutro local.

JB.

Tenho andado um bocado desligada do forum por isso é que só agora dei com este tópico. POr um momento hesitei em responder, porque da maneira como eu digo as coisas tenho quase a certezinha absoluta que vai saltar alguém a fazer queixa de mim aos admins ou a dizer que eu sou uma mentecapta.

Mas depois li sobre o teu gosto por se ser directo e decidi fazer-te o favor.

1 - Tenho muita pena que certas atitudes de “mentecaptos” te façam perder o gosto pelo forum. Cada membro que afastamos é uma mais-valia e uma presença importante que se vai, e logo isso empobrece o forum em si, porque um forum é isso mesmo, a reunião de pessoas, e quantas mais, melhor. Eu já vi dois forums gamistas morrer, e francamente, foi muito triste e queria evitar ter que ver outro. Espero que eventualmente mudes de opinião ou faças como eu e volta e meia regresses, qual amante vagabundo.

2 - Fiquei com uma comichão no ceu da boca quando acabei de ler o teu post. Que chorrilho de auto-comiseração, tentativa de justificação e chantagem emocional… gostei particularmente do toque “Os meninos que gostam do politicamente correcto vão ficar contentes porque eu não posto como postava dantes.” Fiquei ainda mais divertida com o subtil insulto do “Ai eu percebo que os veteranos não queiram gente nova a dar opiniões diferentes das deles.” Há um termo para todo o tom do teu texto - chama-se “atitude agressivo-passiva” que depois se extende para picar os moderadores.

Poderia fazer uma loooonga dissertação sobre o teu post, mas não vale a pena porque só ia exaltar mais ânimos.

Deixo-te com algo que aprendi em 2 e tal anos de habitação neste forum: Aqui somos todos amigos. Chovem insultos, provocações, birras. Mas no fundo, ninguém diz as coisas por mal. Na realidade somos todos pessoas moderadamente decentes. Provocação à descarada é algo que eu faço aos meus melhores amigos e eles não levam a mal. Haviam pessoas neste forum que eu achava que eram idiotas, abortos, cretinos completos – que depois eu descobri que apenas provocavam por brincadeira e para fazer outros participarem… perder tempo a ficar ofendido com isto é inutil e envelhece prematuraramente. Recusares-te a participar em eventos live e no forum, é uma perda quer para ti quer para nós. Mas mandares bocas do calibre que mandaste no teu texto é mauzinho mesmo, e desnecessário, porque dá-me muito a impressão que o unico que está a levar isto a sério és tu.

O orgulho é uma coisa muito muito má, sempre me disse a minha avozinha. E como ela também dizia “Os cães ladram e a caravana passa.”


“HOUSE FLAMBEAU - where you teach your apprentices by pissing them off until their will to set you on fire overcomes the stactic paradigm”

“I still miss my ex-wife, but my aim is improving!”

[quote=LadyEntropy]POr um momento hesitei em responder, porque da maneira como eu digo as coisas tenho quase a certezinha absoluta que vai saltar alguém a fazer queixa de mim aos admins ou a dizer que eu sou uma mentecapta.[/quote]És mentecapta, só para não dizeres que a administração do portal não presta atenção às expectativas que tens em relação ao serviço por nós prestado.

Peço perdão por esta interferência num tópico deveras importante, mas regra geral o meu (distorcido) sentido de humor ultrapassa o meu sentido de responsabilidade.

Prossigam.

"the drunks of the Red-Piss Legion refuse to be vanquished"