Jogos estreados há um ano. Aguentara-se? - Novembro 2020

Que jogos jogaram pela primeira vez há um ano?
Aguentaram-se e voltaram à mesa ou cairam no esquecimento?

Coloquem aqui em resposta a este tópico a vossa opinião sobre os jogos que experimentaram pela primeira vez há um ano.

Como sempre neste grupo, as ferramentas do Grimwold são uma grande ajuda.


Flip Ships - 1 partida (sem repetição)
Publiscado em 2017

À altura:

O jogo cumpre, ne generalidade o objectivo. É divertido e evoca bem o ambiente das máquinas de jogos. Ser um jogo de destreza também se adequa... [...]
Acho que seria um pouco melhor se as "naves" (discos de cartão) fossem um pouco mais pesadas. Tal como são é difícil conseguir controlo sobre o lançamento e isso acaba por deixar algum sabor a aleatoriedade que contraria a ideia de ser um jogo em que a perícia conta. Jogaria outra vez com agrado mas creio que esta experiência o retirou da minha lista de possíveis compras.


Não mudei a minha opinião.
 

Potemkin Empire - 1 partida (sem repetição)
Publicado em 2019

À altura: 

É essencialmente um jogo de bluff e contra-bluff. Funciona bem e é divertido.
Nesta partida os outros jogadores deixaram-me fugir com uma estratégia assente em indústrias "verdadeiras" e isso estragou um pouco a experiência pois nas duas últimas rondas era mais ou menos evidente que a vitória estrava entregue e deixou-me com pouco incentivo para fazer algo além de simplesmente produzir em todos os turnos...
Se os jogadores estiverem mais atentos a isso e bloquearem entre si estas opções mais directas de vitória, resultará melhor.


Estarei disposto a repetir a experiência.
 

Prêt-à-Porter - 1 partida (mais 1 desde então)
Publicado em 2010


À altura: 

[...]
Porque o que interessa é o jogo e esse é excelente. É um worker placement económico muito apertado, que apresenta decisões difíceis e opções estratégicas interessantes.
Se puderem, joguem.


Mantenho a opinião, o conselho e a sua posição na colecção. Só espero poder voltar a jogá-lo em breve.
 

Crystal Palace - 1 partida (sem repetição)
Publicado em 2019

À altura:

[...]
E é bom.
Uma partida só não chegou, claramente, para apreciar todos os pormenores mas o que deu para conhecer é interessante.[...]
Para a próxima, que espero seja realmente próxima, já me devo sair melhor...


Continuo muito interessado numa repetição.